Saiba como fazer social selling e vender mais

social selling

A venda social, chamada de social selling no marketing digital, é um método que promove relacionamentos e vendas nas mídias sociais. As organizações utilizam essas plataformas para interagir com os clientes e vender seus produtos.

Empresas que acreditam que as redes sociais são lugares usados apenas para que as pessoas socializem, estão sendo apagadas no processo. Isso porque, as redes sociais são locais onde as marcas podem se conectar aos consumidores.

Os usuários não visitam as redes sociais apenas para se conectar com amigos e familiares; na verdade, muitos seguem suas marcas favoritas para conhecer produtos e serviços e até mesmo para fazer compras.

Eles estão abertos para aprender sobre novas soluções para problemas comuns, como resultado, as empresas especializadas em transporte de equipamentos industriais devem escolher as plataformas certas para interagir.

No entanto, ao contrário de outras práticas mais diretas, como o hard sell, para desenvolver o marketing de mídia social é necessário primeiro entender as plataformas e seu ambiente para aproveitar a interatividade e se aproximar dos consumidores.

Para isso, o artigo vai apresentar o conceito de venda social, como implementá-lo e conhecer os benefícios dessa abordagem de marketing.

Qual é o conceito de social selling

O social selling ou venda social é essencialmente um método de prospecção de clientes e desenvolvimento de relacionamento com eles nas redes sociais, esse objetivo é alcançado por meio da geração de vendas.

Algumas organizações confundem essa prática com marketing social, pois acreditam que existe uma associação mais direta entre vendedores e prospects. No entanto, em vez de uma abordagem invasiva, os vendedores procuram candidatos adequados.

Como resultado, uma empresa que vende domos com ventilação tenta convencer os seguidores a abordá-los. Eventualmente, eles começam a apreciar as postagens, interagir com a marca e consumir conteúdo valioso.

É assim que a organização demonstra sua credibilidade, mas sem tentar vender imediatamente ou a todo momento para os consumidores.

O principal objetivo da venda social é mover leads através do processo de vendas. Além disso, as redes sociais facilitam a apuração de contas e aprimoram o preparo dos associados.

No entanto, apesar do potencial de vendas das redes sociais, alguns gestores ainda acreditam que não é prático fechar negócios nessas plataformas.

Isso ocorre por causa da crença persistente de que eles foram originalmente destinados a interagir apenas com outros alunos.

No entanto, vários estudos demonstraram que os consumidores também estão interessados ​​em comprar produtos nas mídias sociais. Além de espaços comerciais, são também excelentes vias para ações de marketing digital e fidelização.

No entanto, a empresa não pode abordar seus seguidores com uma oferta, ela deve primeiro ganhar a confiança e cultivar o interesse das pessoas para estabelecer um relacionamento com elas.

Com o tempo, a venda social facilitará para uma empresa de reparo ar condicionado residencial aumentar o número de vendas que fecha.

Por que o social selling é tão importante?

Se o assunto for considerado mais de perto, é possível chegar à conclusão de que vender é um processo social, muito mais do que comercial.

Isso ocorre porque existe uma correlação entre uma pessoa que precisa resolver um problema ou satisfazer uma necessidade e alguém que deseja lucrar com sua solução.

As tecnologias digitais, atualmente em uso, alteraram as ferramentas utilizadas nas vendas e alteraram o relacionamento dos consumidores entre si.

Por estarem mais bem informados, os consumidores de hoje querem estabelecer uma relação de confiança com as empresas antes de comprar qualquer coisa que elas estejam oferecendo.

Se uma empresa que atua com retirada de entulho ensacado deseja fechar vendas de maneira eficaz, ela não usará ligações frias ou abordará o cliente durante uma interação.

A venda social baseia-se na ideia de que as vendas são criadas por meio de um relacionamento entre organizações e consumidores. Essas plataformas se tornaram os principais espaços de convivência, como resultado, as relações são formadas nelas.

O consumidor de hoje está online buscando informações, investigando soluções para seus problemas e satisfazendo suas necessidades. Como tal, esses indivíduos já se envolveram nisso por um longo período de tempo antes de um vendedor entrar em contato com eles.

Para facilitar a venda social, a empresa deve conectar os vendedores aos usuários das mídias sociais enquanto eles buscam soluções.

A equipe de vendas deve se apresentar como conhecedora do assunto e fornecer todas as informações necessárias a essas pessoas.

Quando um negócio atende às necessidades dos clientes em potencial, os esforços aumentam as chances de a equipe de vendas concluir as transações de vendas.

A venda social é vital para empresas de diferentes setores, inclusive aquelas que prestam serviços de limpeza de vidros, independentemente do porte.

Porém, essa prática é de grande importância e é benéfica, por isso é fundamental que os empreendedores entendam como implementá-la corretamente.

Os componentes principais do social selling

O social selling é uma abordagem de vendas que usa as redes sociais para construir relacionamentos e interações com potenciais clientes.

Para uma funerária que comercializa plano funerário vertical, por exemplo, implementar essa estratégia, é necessário utilizar diversos componentes, como:

  • Criação de conteúdo relevante;
  • Usar ferramentas de monitoramento e análise de dados;
  • Estabelecer networking;
  • Participar de grupos e comunidades online.

Além disso, é importante ter uma abordagem personalizada e focada em soluções para as necessidades do cliente. O social selling pode ser uma poderosa ferramenta para aumentar as vendas e fortalecer a imagem da marca no mundo digital.

5 maneiras de implementar o social selling

Para realizar a venda social, não basta criar um perfil para a empresa nas redes sociais. Na verdade, essa estratégia envolve outras ações também, são elas:

Conhecer e entender o público-alvo

O primeiro passo para a empresa é entender seu público, isso permitirá que ela crie um conteúdo valioso e relevante para as necessidades, interesses e curiosidades de seu público.

A empresa deve investigar seus clientes para entender suas personalidades, os materiais com os quais normalmente interagem, o que desejam consumir, a quais grupos pertencem e quais são suas dúvidas sobre as soluções.

Para não errar, uma dica é apontar todas as políticas para a persona do negócio. Quando uma organização determina seu público com base em critérios relevantes, ela se torna mais confiante na seleção de conteúdo.

Definir objetivos palpáveis

Qualquer iniciativa de marketing ou vendas de uma empresa deve ter objetivos específicos. É importante determinar o que a empresa pretende realizar, que pode ser o lançamento de um produto, a geração de leads, aumento de receita ou qualquer outro objetivo.

Uma loja especializada em miolo de fechadura de porta de madeira deve primeiro definir seus objetivos para saber exatamente como ou onde investir.

Estabelecer relações de networking

É fundamental que os empreendedores tenham em mente que os clientes e leads em potencial nem sempre usam as mídias sociais; portanto, é crucial focar apenas nas plataformas relevantes para o seu público. Entre os mais significativos estão:

  • Facebook;
  • Instagram;
  • LinkedIn;
  • Twitter.

Esses e muitos outros canais têm milhões de usuários ativos todos os dias, mas isso não significa que a empresa deva participar de todas as plataformas, pois não é fácil gerenciá-los.

Mas com base em uma boa pesquisa com o público da sua marca, fica mais fácil escolher uma rede social compatível com o seu negócio e que possa ajudá-lo a crescer e vender.

O método de venda social nas redes sociais depende das informações coletadas sobre o público. O método de venda social nas redes sociais depende das informações coletadas sobre o público.

Posteriormente, basta entender as funções específicas das plataformas escolhidas para criar artigos valiosos sobre assuntos que de fato interessam o público-alvo.

Criar bons conteúdos que ajudem os clientes

Uma empresa que fabrica motor de portão com braço deve dedicar recursos ao marketing de conteúdo de mídia social. Esta estratégia está centrada na criação de materiais relevantes que irão atrair, encantar e fidelizar os clientes.

Mais uma vez, com base nas informações do público da marca, produzir conteúdos valiosos, relevantes e completos sobre assuntos de interesse e relacionados ao público-alvo da marca é fundamental.

Interagir com o público e clientes

Como resultado da criação e publicação frequente de conteúdo, espera-se que os seguidores interajam com a marca.

E para atingir potenciais clientes e promover a fidelização, responder a comentários e participar em conversas, adicionalmente, também responder a mensagens privadas.

Portanto, interagir com todos que entram em contato com a marca de maneira gentil,  demonstra que a empresa está interessada em ouvir suas opiniões e garante uma boa experiência do usuário para todos que chegam até o negócio.

Considerações finais

Quando se trata de marketing digital, a mídia social é uma plataforma crucial e cada vez mais importante nas estratégias de vendas.

Isso é evidenciado pelo social selling, que permite que as marcas vendam por meio desses canais, aumentando os lucros e proporcionando maior comodidade aos consumidores.

Basta que a empresa estabeleça uma relação de confiança com seus seguidores, poste conteúdos de valor e interaja com eles, buscando cultivar a fidelidade à marca. Com isso, a venda é o resultado consequente de boas ações para os clientes em potencial.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 8 =