O que é growth hacking e como aplicá-lo?

growth hacking

Growth hacking é uma maneira que as empresas têm para trabalhar o negócio, tendo como base boas práticas que são construídas por meio de hipóteses e experimentos.

Mas muitos acreditam que essa estratégia é capaz de mudar os resultados de uma empresa, só que não é bem assim. Trata-se de uma ação que está na moda entre as empresas de tecnologia, e muitos negócios desejam aprender com ela.

Fazem isso sem ter uma visão objetiva dessa prática, como realizá-la e nem mesmo conhecem seu potencial. Também existem organizações que acreditam que para fazer growth hacking precisam de profissionais especialistas no assunto.

Outras acham que a metodologia é cheia de detalhes e que por isso é complicado colocá-la em prática. Em qualquer situação, o que acontece é que essas empresas não sabem como orientar sua própria construção e crescimento.

Além disso, acabam perdendo tempo com metodologias que o negócio não está pronto para absorver. Tendo isso em vista, o ideal é conhecer um pouco mais sobre essa prática, antes de investir.

Por essa razão, o artigo vai explicar o conceito de growth hacking, o que faz um profissional da área, quais são os benefícios da estratégia e dar algumas dicas para crescer com a metodologia.

O que é growth hacking?

Growth hacking é uma maneira de trabalhar o crescimento do negócio, tendo como base a construção de boas práticas, por meio de hipóteses e experimentos.

A maior verdade sobre o assunto é que não se trata de uma ideia capaz de mudar os resultados da companhia. É importante saber que existe uma grande diferença entre o que falam sobre o assunto e o que ele realmente significa.

Várias metodologias relacionadas a ele ajudam a facilitar seu entendimento, mas são criadas para um contexto genérico ou distante da realidade.

Para um fabricante de piso laminado branco, é uma ótima referência, mas nem sempre é pertinente para todo tipo de negócio. Na prática, o growth hacking consiste em:

  • Focar os esforços no problema;
  • Pensar em melhorias;
  • Priorizar ideias;
  • Testar e aplicar;
  • Aprender com os sucessos e insucessos;
  • Usar o aprendizado;
  • Fazer novos testes.

Olhando assim, parece se tratar apenas de mais uma metodologia, mas é muito importante refletir sobre a ordem lógica de como isso acontece.

Isso porque não existe nada de novo ou complicado no growth hacking, visto que a dificuldade está presente na disciplina e na execução.

O que faz um profissional de growth hacking?

O profissional de growth hacking, também conhecido como growth hacker ou analista de growth, é alguém responsável por criar e analisar testes e experimentos focados em melhorias rápidas e contínuas da organização.

Dentro de um fabricante de poço de água potável, seu maior objetivo é promover crescimento da companhia, otimizar processos e recursos e evitar gastos desnecessários de maneira estratégica.

As demandas do analista de growth são muitas, como a combinação de ações de marketing digital com anúncios, marketing de conteúdo, analisar a performance e estratégias para redes sociais e lidar com dados.

Também pode trabalhar com atividades que envolvem tecnologia da informação, por isso, é necessário estar por dentro de vários assuntos.

Benefícios do growth hacking

Investir em growth hacking traz muitos benefícios para as empresas, independentemente de seu porte ou segmento, e alguns dos principais são:

Mais resultados e menos custos

Por causa da popularização das redes sociais, as empresas têm mais acesso ao seu público-alvo. Ao invés de usarem as mídias tradicionais, que costumam envolver custos de produção e veiculação, a mídia digital fala diretamente com as pessoas.

Elas geram motivação de consumo imediata e os custos são muito mais baixos. Além disso, por meio de estratégias como anúncios pagos, SEO, parcerias com influenciadores, entre outras, os resultados são ainda mais impactantes né.

Novas oportunidades para o negócio

Se uma empresa de serviço de usinagem pesada deseja crescer, deve analisar cuidadosamente as soluções e as particularidades da marca.

Uma das melhores soluções nesse sentido é uma estratégia do LinkedIn porque a plataforma consegue posicionar a marca no topo dos resultados, sem que para isso seja necessário investir.

Fazer vários testes ao mesmo tempo

O growth hacking é uma metodologia que se baseia em testes, buscando melhorias contínuas, mas a organização não precisa testar uma variável de cada vez.

Existem vários problemas que podem ser identificados, assim como várias táticas de solução podem ser aplicadas ao mesmo tempo, com isso, a companhia se desenvolve em vários sentidos.

Aumenta a competitividade

A metodologia é inovadora porque permite que as organizações se tornem mais competitivas, algo muito importante nos dias de hoje.

Tantas pequenas quanto as médias e grandes empresas podem usar o growth hacking para competir de igual para igual no mercado em que atuam.

Gera aprendizado

É errando que se aprende e o growth hacking usa muito bem essa linha de raciocínio. Isso porque, a partir dos testes gerados e de resultados positivos ou negativos, a organização tem uma noção muito melhor sobre o que funciona ou não no negócio.

Nas estratégias de marketing de uma empresa de pass through hospitalar existem muitas variáveis com relação ao perfil do público e da persona, por isso, não existe uma única fórmula para que tudo dê certo.

Geralmente, o que é sucesso para uma organização pode ser um fracasso para outra, assim sendo, é importante compreender as características do negócio e o growth hacking tem um papel muito importante nesse processo.

Aumenta a relevância e autoridade

Com a ajuda dessa prática, os negócios conseguem desenvolver soluções criativas, inovadoras e de baixo custo. É uma forma de amenizar as fraquezas e potencializar as forças, trazendo mais autoridade e relevância.

Por essa razão, muitos especialistas consideram o growth hacking como o futuro do marketing, uma vez que constrói o diferencial da corporação.

Como crescer com o growth hacking?

Para crescer com o growth hacking, a empresa precisa seguir um passo a passo que vai ajudar a colocar a ação em prática.

A primeira coisa é preparar a estrutura organizacional e compreender suas fases, depois disso, é possível investir em processos e fluxos de produção bem estruturados que vão suportar um crescimento rápido.

Uma empresa de weg assistência técnica também precisa agir rapidamente na hora de tomar decisões, avaliar as tendências e aplicar as mudanças necessárias. Só assim vai valer a pena fazer todos os testes necessários.

O terceiro passo é buscar feedbacks, algo muito importante na hora de tomar decisões em relação a quais estratégias adotar e quais destacar.

A marca precisa de canais de comunicação integrados que reúnem os feedbacks dos colaboradores, de modo que compreenda o que facilita o cotidiano e o que traz ganhos em produtividade.

Também é muito importante ouvir o que o cliente tem a dizer para melhorar a experiência de compra e pós compra, e isso é válido para qualquer tipo de negócio, como é um salão de micropigmentação sobrancelha shadow.

O quarto passo é se antecipar às necessidades de consumo e produção e com isso identificar gargalos e tendências.

Quando a companhia compreende o raciocínio de quem produz e quem consome, fica muito mais fácil pensar como eles e agir de maneira proativa e preventiva.

Algo muito crucial é focar no conteúdo e nas estratégias de SEO, visto que o marketing de conteúdo é uma das principais estratégias, uma vez que a produção de materiais vinculados à marca cria multiplicidade de caminhos para que o cliente se aproxime.

Um fabricante de negatoscópio médico deve usar as estratégias de SEO para utilizar seus conteúdos e com isso atrair mais clientes.

Para fazer o negócio crescer com growth hacking, também é muito importante conhecer o comportamento do consumidor. É fundamental conhecer bem o cliente e oferecer materiais com potencial de engajamento.

Apenas quem conhece a jornada de compra pode empregar efetivamente as ações de marketing para maior retenção e uma publicidade mais direcionada para quem realmente se interessa pelos produtos e serviços.

Por fim, uma marca de tinta para pintura industrial embarcado deve otimizar a experiência do consumidor.

Para saber como está a experiência de compra, é interessante investir em estratégias como entrar de maneira incógnita em uma prospecção ou contratar avaliações de clientes ocultos.

Eles podem dizer qual é a performance do produto e os pontos que podem ser otimizados no atendimento para melhorar a experiência.

Considerações finais

Fazer a empresa crescer é o objetivo de qualquer organização, independentemente de seu segmento, mas para isso é necessário utilizar algumas metodologias.

Uma das melhores opções é o growth hacking, e para aplicar é fundamental conhecer um pouco mais sobre ele e se realmente serve para a companhia.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × três =